imagem - Friburguense Atlético Clube

09/10/2017 - Referencial

Em Escola de Futebol, Ziquinha destaca responsabilidade no trabalho com jovens

Ensinar, orientar, compartilhar um vida dentro dos gramados. Ao contar com a participação dos atletas mais experientes e identificados do clube, a Escola de Futebol de Campo do Friburguense traz uma proposta inovadora e abrangente. Um dos pilares do projeto, o convívio dos jovens jogadores com Cadão, Sergio Gomes, Bidu, Ziquinha, Afonso e outros vai proporcionar um intercâmbio que vai muito além das quatro linhas, e pode fazer a diferença na vida de cada um dos pequeninos no futuro.

Um dos jogadores mais queridos do público jovem e infantil, o atacante Ziquinha lembra a importância das atitudes e gestos dos atletas também fora de campo. Em um momento em que a sociedade carece de boas referências, aqueles que fazem parte do esporte mais popular do planeta podem se tornar exemplos positivos.

"É gratificante, muito valoroso poder passar um pouco de tudo o que aprendeu. É diferente ensinar, e tem que ter o cuidado para falar, orientar. Nessa idade é mais um momento para incentivar, e assim eles passam a gostar cada vez mais do esporte. Se deixar, eles treinam o dia todo. Tomamos o cuidado, pois se eles nos têm como referência, tudo o que fizermos eles vão achar que é certo. Temos que dar o melhor exemplo possível para formar, não só jogadores, como também homens de bem e caráter. O principal objetivo da Escolinha é esse", pontua.


Ziquinha e Bidu em treino da Escola de Futebol: referências dentro e fora de campo

As aulas da Escola acontecem aos sábados, com início às 8h e término por volta das 12h30, no Eduardo Guinle. A primeira delas aconteceu em caráter experimental. Os atletas, entre 7 e 13 anos, que inicialmente compõem o trabalho da Escola, são classificados e divididos por categoria, e toda a comunidade friburguense e da região podem participar. Os destaques serão observados e promovidos às categorias de base do Friburguense. Além da oportunidade de treinar e jogar no principal estádio de Nova Friburgo e região, a participação de jogadores será fundamental para as formações técnicas, táticas e disciplinares das crianças e jovens. Conhecedores da filosofia do clube e exemplos de amor e fidelidade ao Tricolor da Serra, eles também irão contribuir com a vivência e as experiências adquiridas ao longo das carreiras.

"Essa Escola possui uma característica diferente das outras. Temos alguns jogadores profissionais, como o Cadão, que já está terminando, Sergio Gomes, Ziquinha e Afonso ingressando no curso de Educação Física, e nós queremos eles dentro do projeto, passando as experiências vividas dentro de campo para a garotada, unindo com o conhecimento acadêmico. A presença deles faz total diferença, primeiro por serem ídolos e saberem exatamente os valores e conceitos do clube. Eles sabem a forma como a gente trabalha, e como pensamos que deve ser tocada toda a parte educacional. Além disso, entendem muito de futebol e podem contribuir com as formações técnica e tática. Também acho importante por serem espelhos", pontua o coordenador Sávio Badini.

Os interessados em participar da Escola de Futebol de Grama podem entrar em contato com o futebol do Friburguense, pelo telefone 2526-7004, ou diretamente com Sávio, pelo número 99956-1203. Outra opção é comparecer ao clube aos sábados, no horário do treinamento.

Assista ao bate-papo com o atacante Ziquinha:

Autor: Vinicius Gastin

voltar topo

imagem - Publicidade

imagem - patrocinadores

imagem - Publicidade imagem - Publicidade imagem - Publicidade

webdesign | www.friwebdesign.com.br