imagem - Friburguense Atlético Clube

02/08/2017 - Frizão cria chances, mas não consegue bom resultado na Bariri

Olaria foi mais eficiente e saiu vitorioso do duelo nesta quarta-feira

Em duelo bastante equilibrado na Rua Bariri, o Olaria foi eficiente, marcou na cabeçada de Alexandre Carioca ainda na primeira etapa e venceu por 1x0. A partida aconteceu na tarde desta quarta-feira (2). O Friburguense volta a campo no próximo sábado, 5, para enfrentar o Serra Macaense, às 15h, no Eduardo Guinle. Os ingressos são vendidos nas bilheterias do estádio, e custam R$ 10 nas descobertas e R$ 20 nas sociais. Sócios do clube pagam metade desse valor.

O jogo

No perde e ganha no meio campo, pouca emoção nos primeiros instantes. O Friburguense até tentou na ligação de Sergio para Ziquinha, que não teve o domínio da bola. Pouco depois, o camisa 11 teve uma oportunidade mais cristalina, chegou a ajeitar o corpo, mas bateu travado pela zaga. No bom momento do Tricolor no ataque, Lohan arriscou por cima da meta. Pouco depois, Yan voltou a assustar a meta do Olaria em tentativa de cruzamento que tocou a rede, mas pelo lado de fora. Gleison arriscou em cobrança de falta, rente ao ângulo. No entanto, em uma chegada do Olaria aos 20 minutos, Alexandre Carioca aproveitou uma rápida cobrança de falta para abrir o marcador. Depois do tempo técnico, o Friburguense buscou uma reação imediata com Ziquinha, enquanto o Olaria respondeu e levou perigo com Willian. O Frizão buscou nas cobranças de falta de Gleison e Lucas, ambas com direção à grande área, mas sem sucesso.

Em busca do gol de empate o quanto antes, o Friburguense procurou tomar a iniciativa e povoar o campo de ataque nos primeiros minutos. Gleison tentou em cobrança de falta aos quatro minutos, mas o levantamento foi direto nas mãos de Guilherme. Na mesma moeda, Juninho cruzou, Lipe fez o desvio e carimbou a trave de Luiz Felipe. Depois de mais uma boa chance do Olaria com Lipe, Lohan arriscou de média distância para a defesa de Guilherme em dois tempos. O Frizão ensaiou uma pressão, mas faltava caprichar um pouco mais na construção das jogadas. Em meio ao jogo truncado, Lohan teve boa oportunidade aos 31 minutos, mas o desvio na trajetória da bola impediu o empate. Luiz Felipe trabalhou bem quando exigido, e durante os seis minutos de acréscimo, deu tempo apenas para Everton cobrar falta rente ao travessão.

Mais informações sobre o futebol do Friburguense e o passo a passo para se tornar sócio-torcedor do clube podem ser conferidos no site soufriburguense.com

Autor: Vinicius Gastin

voltar topo

imagem - Publicidade

imagem - patrocinadores

imagem - Publicidade imagem - Publicidade imagem - Publicidade

webdesign | www.friwebdesign.com.br