imagem - Friburguense Atlético Clube

15/02/2017 - Vida que segue

Frizão luta bastante, mas não consegue passar pelo Oeste

Um jogo de mata-mata nem sempre é definido pela parte técnica. A luta e o espírito, em alguns casos, sobrepõem outras qualidades. O Friburguense apostou exatamente nessas vertentes, mas não foi o suficiente. A equipe de Nova Friburgo lutou bastante, mas foi Mazinho quem marcou marcou a favor dos visitantes aos 25 minutos do segundo tempo. O marcador não mais mexeria na noite da última quarta-feira, no estádio Eduardo Guinle, que recebeu um grande público.

Com o resultado o Friburguense se despede da Copa do Brasil logo na primeira fase. O próximo e principal desafio do ano para a equipe é a disputa do Campeonato Carioca da série B, a partir de 13 de maio.

Primeiro tempo

Não deu nem tempo de enxergar quais seriam as estratégias de Friburguense e Oeste no campo de jogo. Literalmente. Com três minutos de bola rolando, as luzes do estádio Eduardo Guinle se apagaram. Tempo para o espetáculo da torcida, que compareceu em grande número, e acendeu as lanternas dos celulares. Até aquela altura o Tricolor da Serra já havia chegado perigosamente pelo lado esquerdo, através de levantamento de Ricardo para o corte da defesa. No rebote, Gleison bateu com desvio.

O jogo recomeçou, e com a marcação encaixada, o Oeste dificultava bastante as ações ofensivas, bloqueando as descidas de Ricardo e Sergio Gomes e as escapadas de Ziquinha pela direita. Desta forma, a bola parada tornou-se opção, e foi desta forma que o time comandado por Merica conseguiu levar perigo ao gol de Rodolfo, duas vezes com Sergio Gomes (uma defendida pelo goleiro, inclusive) e outra em toque contra o próprio patrimônio de João Victor. O Oeste, que buscava ganhar tempo a cada cobrança de lateral, falta ou escanteio, conseguiu chegar perigosamente em rápido contra ataque aos 28 minutos. Através da insistência que Ziquinha descolou falta na entrada da grande área. Léo carimbou a barreira. O Oeste conseguiu novo bom momento em jogada de Mazinho pela direita, mas nenhuma foi concluída ao gol de Afonso. O Tricolor ainda tentou a última investida pela direita, mas surtiu efeito.


Torcida tricolor compareceu em peso para apoiar o Friburguense no Eduardo Guinle

Em busca do gol que poderia carimbar a classificação, o Friburguense tentou manter a posse de bola no campo de ataque nos minutos iniciais. Estratégia que surtiu efeito, mas proporcionou ao Oeste a possibilidade dos contra ataques. Estes, de fato, um pouco mais perigosos na comparação com o primeiro tempo. No lance mais perigoso, Léo obrigou Rodolfo a fazer boa defesa no canto esquerdo. A resposta do time paulista foi imediata, em contra golpes que pegaram a defesa desguarnecida. Aos 13 minutos, o experiente Robert se livrou da marcação e bateu rasteiro para a grande defesa de Afonso.

Merica mandou Jeffinho a campo na vaga de Sergio Gomes aos 25 minutos. Léo passou a atuar na posição original, a lateral direita. A situação do Friburguense ficou ainda mais complicada quando Mazinho acertou belo chute de perna canhota e abriu o marcador em Nova Friburgo, em mais um contra ataque bem trabalhado pelo time visitante. Desta vez, inclusive, aproveitando a ausência do zagueiro Bruno, que era atendido fora do campo. As tentativas de reação eram afastadas pela defesa do Oeste, que mais inteiro fisicamente conseguiu conectar bons contra golpes. A equipe sentiu a falta de ritmo de jogo, e agora passa a concentrar as atenções na série B do Campeonato Carioca.

Ficha Técnica
Friburguense 0x1 Oeste


Copa do Brasil 2017 - 1ª fase
15/02/2016 - 20h30
Estádio Eduardo Guinle, Nova Friburgo - RJ

Árbitro: Devarly Lira do Rosário
Assistentes: Edson Glicerio dos Santos e Carlos Eduardo do Rosário Depizzol

Friburguense: Afonso; Sergio Gomes (Jeffinho), Bidu, Bruno (Matheus) e Ricardo; Rafael, Léo, Lucas Toledo e Gleison; Ziquinha e Jarles.

Técnico: Merica

Oeste: Rodolfo; Reginaldo, João Victor, Jaílton e Garutti; Bruno Barra, Lídio, Natan (Da Matta) e Mazinho; Robert e Erick Luis (Piauí).

Técnico: Roberto Cavalo

Autor: Vinicius Gastin

voltar topo

imagem - Publicidade

imagem - patrocinadores

imagem - Publicidade imagem - Publicidade imagem - Publicidade

webdesign | www.friwebdesign.com.br